Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Se você for a Parintins, visite o Orquidário do Instituto de Ciências Sociais Educação e Zootecnia
Início do conteúdo da página
Notícias

Se você for a Parintins, visite o Orquidário do Instituto de Ciências Sociais Educação e Zootecnia

  • Publicado: Terça, 22 de Outubro de 2019, 11h04
  • Última atualização em Terça, 22 de Outubro de 2019, 15h03

Aberto à visitação de segunda a sexta-feira, o Orquidário do Instituto de Ciências Sociais Educação e Zootecnia (ICSEZ) da Ufam, localizado na cidade Parintins, conta em seu viveiro com espécie rara (Catasetum rolfeanum), de orquídea que floresceu no próprio orquidário nesta última semana. De acordo com a professora Márcia Carvalho (vice-coordenadora), a ideia do projeto nasceu da carência de estudos sobre plantas ornamentais em Parintins; da ausência de projetos voltados para edução e preservação ambiental no ICSEZ, e da necessidade de dar à comunidade acadêmica e sociedade parintinense maior sentimento de acolhimento e pertencimento.”O orquidário tornou o campus ICSEZ mais atrativo e acolhedor, a área de lazer (anexada ao orquidário) é frequentemente ocupada por alunos, professores, servidores e visitantes que utilizam o espaço para descanso, usualmente na hora do almoço, ou para realização de atividades acadêmicas”, comenta.

Instalado próximo à biblioteca, o orquidário pode ser visto de quase qualquer localização que se esteja no Instituto, o que confere importância e destaque. “Em torno do orquidário inserimos local de descanso, com mesas e cadeiras, isso foi possível face estarmos instalados em local propicio para isso”, explica. Mas, a expansão das atividades do orquidário também tem se dado com visitas nas escolas da rede pública cujo objetivo é proferir palestras sobre a flora parintinense, pois de acordo com a professora “a falta de valorização da flora local era devido ao desconhecimento de que Parintins possui estas lindas plantas, muitas vezes em quintais, além disso, muitos alunos achavam que o Brasil não abrigava espécies nativas de orquídeas”. A docente explica ainda que nesta segunda etapa do projeto o processo ensino-aprendizagem tem sido muito mais intenso, haja vista a experiência em apresentar o tema e poderem mostrar espécies de orquídeas, inclusive espécie terrestre amplamente cultivada em Parintins.

A ideia do orquidário foi tão positiva que os planos são iniciar projetos inspirados na paisagem do orquidário e instalar área para o lazer de crianças (contendo, por exemplo, balanços em árvores próximas ao orquidário), também planos para incluir aulas de artes e outras atividades no interior do orquidário, bem como instalação de borboletário e/ou apiário (neste caso, abelhas sem ferrão) e horto de plantas medicinais. “Os resultados nos autorizam a dizer que o projeto pode ser considerado uma “sementinha” para outros trabalhos acadêmicos, seja em nível científico, acadêmico, de extensão, artístico ou de pesquisa”, conclui.

Histórico do Projeto

A fundação do orquidário se deu em 2018/2, com o projeto de extensão "Da mata à massa: orquídeas parintinenses como instrumento de educação e preservação ambiental.

Equipe Inicial

Coordenador: Tiago Viana da Costa

Vice-coordenadora: Marcia Eugenia Amaral de Carvalho

Colaboradora interna: Suzane Moreira Lopes

Colaboradores externos: Dayse Raiane Passos Krahl e Amauri Herbert Krahl (INPA)

Discentes

João Marcos Souza

Joyce Coelho Gomes

Suane da Silva Nascimento

Stephanie da Costa Lopes

A manutenção e expansão do orquidário se deu com o segundo projeto (2019/2) "Para frente e avante: Manutenção e expansão do orquidário do ICSEZ/Ufam"

EQUIPE

Coordenador: Marcos Vinicius de Castro Ferraz Junior

Vice-coordenadora: Marcia Eugenia Amaral de Carvalho

Discentes: Seleção de alunos em andamento

Coordenadores

Prof. Marcos V.C. Ferraz Junior

Profa. Marcia E.A. Carvalho

Discentes envolvidos

Joiciana Moreira Laranjeira

Nagly Silva de Oliveira

Liliane Viana Pereira 

Colaboradores externos

Dayse Raiane Passos Krahl (Bióloga, mestranda do INPA)

Amauri Herbert Krahl [Biólogo, mestre em Ciências (Botânica) pelo INPA] 

Funcionamento

Campus Universitário ‘‘Dorval Varela Moura’’- Parintins

Rua 1 de Maio, nº 5 – Colônia Benjamin Constant

Segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 9h às 17h.

Galeria de Imagens

       

 

       

 

 

       

 

     
registrado em:
Fim do conteúdo da página