Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Importância do Enade
Início do conteúdo da página

A Importância de fazer o Enade

Publicado: Segunda, 01 de Agosto de 2022, 09h35 | Acessos: 4045

O objetivo do Enade é aferir o desempenho e os conhecimentos dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas Diretrizes Curriculares Nacionais ou no Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia do respectivo curso de graduação, suas habilidades para ajustamento às exigências decorrentes da evolução do conhecimento e suas competências para compreender temas exteriores ao âmbito específico de sua profissão, ligados à realidade brasileira e mundial e a outras áreas do conhecimento.

O resultado do Enade compõe a nota do Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC), no Conceito Preliminar de Curso (CPC) e no Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD). Juntos, esses Indicadores de Qualidade da Educação Superior formam o sistema avaliativo que permite conhecer a qualidade dos cursos, faculdades, centros universitários e universidades do Brasil. Todos esses dados são públicos, abertos a sociedade que por meio deles avalia a qualidade dos cursos oferecidos por uma Instituição de Ensino Superior (IES) pública ou privada.

No caso do IGC, seu conceito é critério nos processos de credenciamento e recredenciamento de instituições e também no processo de autorização para novos cursos (se o conceito for inferior a 3, por exemplo, podem ter seus pedidos de abertura de novos cursos indeferidos pelo MEC, de outra forma, instituições com bom desempenho ficam dispensadas da autorização do MEC para abertura de novos cursos).

Um bom conceito no ICG pode representar um acréscimo no repasse de mais recursos a universidade de forma a garantir e oferecer serviços com mais qualidade à comunidade, como: mais e melhores programas acadêmicos, mais e melhores moradias estudantis, mais e melhores restaurantes universitários, mais e melhores instalações físicas em geral, além de mais programas de pesquisa e extensão.

Outro aspecto importante relacionado ao ENADE, é que este exame é a base de cálculo do CPC, utilizado como parâmetro para diversos fins, dentre eles a renovação de reconhecimento dos cursos de graduação, sendo um indicador de avaliação da educação superior que ajuda a mensurar a qualidade, a excelência e a regulação dos cursos. A nota obtida no CPC varia de 1 a 5 para cada curso e também é empregado como requisito para participação nos programas, como o Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica (PARFOR) e o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID).

Se a IES não tiver um bom desempenho de nota, ela terá que se submeter a melhorias, estando sujeitas a medidas cautelares. Dentre estas medidas, estão a proibição de abertura de novas vagas e suspensão de processos seletivos.

A nota do Enade é um referencial para que os estudantes possam avaliar a qualidade do curso em que planejam ingressar, e dessa forma, fazerem a sua escolha. As instituições de ensino, por sua vez, têm em mãos os parâmetros para melhorar seus processos educacionais e investir na manutenção do seu padrão de qualidade.

Alcançar uma boa pontuação no Enade coloca universidades em destaque no cenário de ensino superior, o que, indiretamente, ajuda a verificar se as IES apresentam as condições adequadas para educar e formar profissionais para executar as atribuições exigidas pelo mercado de trabalho, assim como a posicionar os alunos como bons profissionais para serem contratados. Não obstante, uma boa nota transmite uma mensagem positiva para a sociedade brasileira que de alguma maneira financia a educação pública através de impostos.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página